Widge
Em participação inédita, Black Dragons faz história e é vice-campeã mundial da Pro League | Astrogeek
E-sports

Em participação inédita, Black Dragons faz história e é vice-campeã mundial da Pro League

pro-league-2017-rainbow-six-siege-astrogeek

Black Dragons fica perto do título mundial e leva para casa quase R$ 100 mil

A Black Dragons fez história na tarde deste domingo, dia 21 de maio. A equipe foi a vice-campeã da Pro League, campeonato mundial de Tom Clacy’s Rainbow Six Siege, na ESL Arena, em Katowice, Polônia. Uma das duas representantes do Brasil na competição – fato inédito -, a equipe lutou com outras sete equipes, as melhores de seus grupos, pelo título mundial. O troféu ficou no quase. Na decisão, derrota para a Penta Sports (UE) por 2 a 0.

Apesar da derrota, a BD ficou com a premiação de US$ 30 mil. A Penta levou o título e o prêmio de US$ 75 mil – mais de R$ 200 mil.

A V3 Masters, outra representante brasileira, também teve um bom desempenho na competição. O time, encabeçado por “Thyy” Nicézio, avançou até as semifinais, também contra a Penta Sport, e perdeu por 2 a 1, de virada, ficando com o quarto lugar.

Além do troféu, mais de meio milhão de reais foi distribuído aos oito participantes que chegaram às finais desta primeira temporada da Pro League de Rainbow Six Siege.

As norte-americanas Elevate, Vertical Gaming e FlipSid3, além da GiFu (FIN), da divisão Europa, também participaram, mas foram desclassificadas nas quartas de final; cada uma levou para casa mais de R$ 24 mil, destinados aos clubes que ficaram em oitavo, sétimo, sexto e quinto lugares.

A Black Dragons conseguiu um feito para a história do time e do país ao ser a primeira equipe brasileira a conquistar o vice-campeonato mundial. Para alcançar tal feito, eles bateram os melhores representantes de todas as divisões do mundo.

No sábado, a BD, formada por “Nesk” Oliveira, Lucas “Yuuk” Rodrigues, Leone “oNe” Kayque, Diogo “Diogo1” Vieira e Leo “Zigueira” Duarte, bateu a GiFu, nas quartas de final, por 2 a 1.

Nas semifinais, BD e gBots eSport se enfrentaram, em jogo muito equilibrado, mas os espanhóis não conseguiram acabar com a invencibilidade do time brasileiro e perderam o confronto por 2 a 1. O duelo foi decidido nos mapas Oregon, Consulado e Chalé. No primeiro mapa, o placar foi de 5 a 2 para gBots. A BD se recuperou e garantiu a vitória com o mesmo resultado nos dois mapas seguintes.

 

Resultados das Finais Mundiais

 

Quartas de Final – Sábado, 20/5

Penta Sports (UE)2  x 0 Elevate (EUA)

GiFu (FIN) 1 x 2 Black Dragons (BRA)

Vertical Gaming (EUA) 0 x 2 V3 Masters (BRA)

gBots eSports Club (ESP) 2 x 0 FlipSid3 Tactics (EUA)

 

Semifinais – Domingo, 21/5

V3 Masters 1 x 2 Penta Sports

Black Dragons 2 x 1 gBots eSports

 

Final

Penta Sports 2×0 Black Dragons

 

Premiação da Finais Mundiais

Penta Sports (UE): US$ 75 mil

Black Dragons (BRA): US$ 30 mil

gBots eSport (ESP) e V3 Masters (BRA): US$ 15 mil

GiFu (FIN), FlipSid Taticts (EUA),  Vertical Gaming (EUA) e Elevate (EUA): US$ 8 mil

 

Após o anúncio da Ubisoft Montreal sobre o plano de melhorias técnicas do Rainbow Six Siege para os próximos três meses, a equipe de desenvolvimento apresentou um painel sobre o assunto durante as finais da Pro League.

Apresentado por Justin Kruger, da equipe de desenvolvimento, este painel mostrou os detalhes do pacote de atualizações, explicando os benefícios para a longevidade do jogo. Dentre as melhorias planejadas, constam a diminuição do tempo de resposta dos servidores, o aprimoramento da criação de partidas e a correção de bugs.

Curtiu a notícia? Pois comente o que você achou aqui embaixo e compartilhe para os amigos!